A Dificuldade, cria a oportunidade...

Meus caros,

Mais uma semana se passou rapidamente e já estamos no final do mês. Estava pensando do que falaria, e escutei algo que fala sobre as dificuldades e os seus benefícios já que tenho desabafado aqui meus questionamentos e dificuldades. Às vezes, parece absurdo pensar que as dificuldades nos trazem benefícios, mas, quero dizer para vocês hoje esta verdade: a partir da DIFICULDADE cria-se a OPORTUNIDADE. E o que é essa oportunidade? O seu crescimento, seu amadurecimento. Pense que podemos transformar uma dificuldade, em uma oportunidade e tanto. Já pensou que a dificuldade pode ser uma coisa boa? Eu não estou louco! Leia o que segue abaixo, é o que ouvi num programa de rádio:

A ostra, vive no fundo do mar, e para se alimentar dos plânctons tem q se abrir para absorver estes organismos que estão presentes na própria água, acontece que algumas vezes ela acaba engolindo um grão de areia, e este grão de areia acaba agredindo a delicada estrutura da ostra, porém ela não consegue expelir o grão porque não tem força para isso, mas o que ela faz? Graças a este grão de areia, a ostra se adapta, e procura conviver da melhor forma com este incomodo e o grão de areia que a agride, transforma-se numa pérola, que nós pagamos milhares de dólares para ter”.

Vocês já pensaram que pagamos milhares e até milhões de dólares por uma pérola que não é nada mais do que o processo de adaptação, aceitação e superação de um sofrimento para uma ostra? Quantas dificuldades que se forem bem trabalhadas por nós podem ser transformadas em pérolas na nossa vida? Existe um grande homem na história do Cristianismo, Francisco de Sales, que é chamado de 'Pai da Mansidão', ele dizia o seguinte:

“Anime-se e transforme os problemas em matéria para seu progresso e maturidade”
+++++++++++++++++++(São Francisco de Sales)
+
Termino, me questionando e concluindo o seguinte: PROBLEMAS, TODOS TEMOS, O DIFERENCIAL É COMO LIDAR COM ELES!

9 commenti:

Leonardo Werneck { 26 de abril de 2008 17:29 }
Bom texto cara. Bom blog também. Passarei mais vezes por aqui.

Abraços
Pedro { 27 de abril de 2008 00:15 }
É isso mesmo. O essencial é saber lidar com os problemas, já que tê-los é inevitável.
Talvez eu conte... um dia. { 27 de abril de 2008 14:27 }
Eu sempre fui adepta da teoria que as coisas ruins não devem ser esquecidas totalmente, sabe?
Não pra ser uma pessoa amargurada que fica vivendo no passado, a questão é que se você esqueçe por tudo o que passou acaba esquecendo também aquilo que deveria tirar como proveito da situaçao!
Afinal, não é errando que se aprende?!As dificuldades estão aí pra isso mesmo, pra nos mostrar o quanto somos fortes, o quanto merecemos ser quem somos, e principalmente mostrar o nosso verdadeiro "eu"!

Ah, obrigada por me linkar!
Vou add você também lá... mas qual é o nome do teu blog? O "No meio da lanterna dos afogados" ou "biblinotas"?
Latinha { 27 de abril de 2008 14:54 }
Oopa! Olha eu de volta...

Poxa, muito legais teus posts, acho legal essa tua postura... também acredito que muitas das dificuldades que surgem em nosso caminho nada mais são do que "aquele empurrão" para que possamos crecer e evoluir. Algumas vezes a gente passa de cara nessa "prova", outras precisamos de mais tempo...

Tem uma frase que gosto muito que diz o seguinte:

"Eu aprendi que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito" (Legrand)

Acho que é por ai...

Hum... São Francisco de Sales, ele acabou dando nome quando da fundação dos Salesianos em 1859... legal... gostei da citação.

Grande abraço para você!!!
Grande semana! ;-)
BARUD, Rômulo { 27 de abril de 2008 19:42 }
"a partir da DIFICULDADE cria-se a OPORTUNIDADE"
Lei básica para adaptação ao meio na minha opinião. Não existe momento ruim que não possa ser revertido. O maior questionamento são os impactos com as pessoas, que podem ser positivos ou negativos e temos que lidar com estes problemas todos os dias, tal como qualquer outro ser vivo.

Excelente blog com excelentes textos! Vou colocar no meu favoritos!

e não esqueça de visitar o meu!

http://www.deznada.blogspot.com/

tem postagem nova ^^

abraço!
* hemisfério norte { 27 de abril de 2008 19:46 }
dedos todos temos
+ letras
e teclados
ou lápis....
se misturarmos tudo
temos a oportunidade
...de escrever a 200:) obrigada pela visita
volte sempre
bjs de Portugal
a
Vinícius Haesbaert { 28 de abril de 2008 00:17 }
Na verdade, na verdade, sempre achei que a gente que escolhe os problemas que queremos ter. É uma questão de seleção - se não considerarmos determinada coisa como um problema, ela não será um problema e ponto final. E, bom, se a considermos como problema, é um fato que todo problema tem solução, senão não seria um problema - seria qualquer outra coisa, menos um problema.
E, ah, valeu pelo comentário no Exercício #2. Eu levei muito tempo pensando, mas, no final, acho que valeu a pena. Abraço!
Carol Rodrigues { 28 de abril de 2008 00:19 }
A maioria das pessoas não consegue enxergar desse jeito!
As vezes os urubus da tristeza ficam rodeando as cabeças das pessoas. Existem as que tentam espantá-los, as que não se incomodam com eles e as que deixam eles fazerem ninhos em seus cabelos!

Os urubus sempre vão nos sobrevoar
Resta saber o que faremos com eles

;o)
carla m. { 28 de abril de 2008 18:43 }
Eu sempre brinco que temos que transformar a merda em adubo... acho que essa metáfora da ostra vai nesse mesmo sentido.

E afinal de contas, o que não é superação?!