O Novo...

E quantas coisas aconteceram... lutas, fracassos, vitórias, conquistas, progressos, amadurecimento...tudo o que aconteceu foram obras e feitos, agora são o passado.
+
E então o que temos: o Futuro, o novo que estamos encontrando pela frente. O que será deste futuro? Essa pergunta passa por todos os corações diante do novo. O interessante é o quanto temos medo do futuro... Todos sem exceção tem medo do novo. Mas o que é o futuro?
+
Futuro.... “O futuro é hoje, cabe na mão!”, assim dizem os Titãs na música ‘Daqui pra lá’. De fato podemos ver que de fato hoje é o futuro. Se a cada dia eu pensar nisso vou fazer progressos grandiosos...O homem em tudo o que alcançou viveu inconscientemente esta divisa, pois se não nunca chegaríamos a nada.
+
A sede do homem pelo novo é o que o motiva a cada dia viver um futuro hoje e a buscar este futuro hoje. O futuro-hoje é feito por aqueles que são ousados e não temem arriscar-se, não temem jogar todas as cartas naquilo que acreditam, não temem experimentar o novo para ver se vai ou não dar certo, se lançam e vão...
+
O futuro é hoje e cabe na mão! Não tenham medo, vivamos a cada dia o futuro de hoje, pois como diz Thérese de Lisieux:
+
“Se pensamos no passado ou no futuro perdemos a coragem e nos desesperamos”.
+
Abçs.

3 commenti:

Pedro { 3 de maio de 2008 00:14 }
Eu faço algumas vagas projeções e vou vivendo. O que tiver de ser, será. rs
carla m. { 3 de maio de 2008 20:07 }
eu vivo de passado. pior passado alheio. rsrsrsrsrs

mas enfim, historiadores não entram nessa fórmula. eu me contento em cumprir os prazos que os outros me dão e sentir o prazer de fazer o momento.

e planejar sorvetes nas tardes de verão e vinhos nas noites do inverno.
Vinícius Haesbaert { 4 de maio de 2008 02:10 }
'O futuro já começou!' HAHA Levo isso ao pé da letra até demais. hehe Preocupante, não pelo fato da frase em si, mas pelo slogan vir de onde vem...

Valeu pelo comentário lá no luzxadrez e, te linkei lá, ok?
Estou esperando o poema.. haha zuera, tome seu tempo.
Se bem que com certos textos aqui, era só dar um enter, e transformar frases em versos que... pronto! Taí!

Abraço!!