Em busca do que era seu...

"O que nos faz humanos é justamente [...] a liberdade de escolha."

(Pão para o Caminho, Henri Nouwen)


Era por volta das 15:00hs de uma sexta-feira.

Tinha acabado de tomar banho. Secou o corpo, depois passou um perfume. Vestiu um jeans, camiseta e uma jaqueta. Pegou seu MP3, a mochila e um livro. Abriu a porta e foi em busca do que era seu.

Saiu apressado, mas estava em paz. A vida inteira havia corrido em busca de coisas que não eram suas. Agora, mesmo apressado, corria atrás de algo que era seu, unicamente seu e de mais ninguém.

Saiu resolvido a não voltar sem ela, e não voltou mesmo. Foi atrás da sua felicidade, esse algo que lhe pertencia e que, agora, ele resolutamente saiu em busca. Saiu, porque a felicidade não estava mais ali, estava lá...

14 commenti:

Palavras de um mundo incerto { 16 de setembro de 2008 20:22 }
Ela anda em pé-pé.

Aproveita-se cada segundo dela.


Abs



Marcos Seiter
Aline { 16 de setembro de 2008 22:22 }
Espero que o caminho que ele seguiu tenha destino certo, ou ele se tornaria um andarilho?

Mto bom o conto, té dá uma canção.

Bjm
Quase Trinta { 17 de setembro de 2008 11:09 }
E eu fico a admirar esse ato de coragem... sair do comodismo e ir atrás do que é seu...
Talvez eu conte... um dia. { 17 de setembro de 2008 13:46 }
É... o importante é sempre buscar a felicidade!
O mais dificil é entender depois de um tempo que ela nao esta mais ali!
Vinícius Aguiar { 17 de setembro de 2008 14:20 }
e esse "lá" é tão simples de encontrar... porque felicidade não é nada mais que um estado de espírito, e na verdade ela se encontra o tempo todo dentro de nós mesmos... basta que possamos sair um pouco, respirar, e de fato, vivê-la!

Abç!
The Life of Guister { 17 de setembro de 2008 16:02 }
Pois é, a felicidade está dentro de nós como o Vinicius falou, mas o fato é que ninguém sabe disso e muitas vezes saem mesmo em busca dela mas caminhando em direções aleatórias e até mesmo procurando dentro de outros seres... Até que encontram uma felicidade dentro de outro ser, mas o problema é que quando este ser ir embora a felicidade se vai com ele...

Pensem nisso ^^
Gustavo Hermes Soares { 17 de setembro de 2008 20:31 }
Ir atrás do que é seu.


As vezes dá medo.
Acho que medo de descobrir que nada é ninguém.

Parece um desejo interior meio reprimido. heuhe

mas tá shoooow!
Míope { 17 de setembro de 2008 23:24 }
Colírio pros olhos.

;D
Janete Andrade { 18 de setembro de 2008 13:16 }
às vezes precisamos nos desprender de algumas pessoas pra encontar a felicidade... :x

;*
Leonardo Werneck { 18 de setembro de 2008 19:34 }
Um cara decidido hein?

Espero queo que era seu, seja por muito tempo.
Camila { 19 de setembro de 2008 07:34 }
Bom... o primeiro passo eu dei, pois ja sai em busca dela... por enquanto não a encontrei de fato, entretanto pelo caminho sinto sua essencia!
Vou encontra-la, estou certa disso!
Beijos
Flor { 21 de setembro de 2008 11:30 }
A gente tem que correr atras do que quer sempre!
eu estou correndo... e estou feliz!

beijoo
carla m. { 21 de setembro de 2008 20:37 }
que seja feliz, voltando ou não.

Luifel, saudades de ti, beijocas!
Chá de Fita { 25 de setembro de 2008 12:59 }
O QUE É DO HOMEM O BIXO NÃO COME