Felicitas per dies...


Para meus amigos Kazuo,
Andréa (Apocrypha) e Cássio.
Porque a busca de vocês, me inspira!


Vivem em busca desenfreada por felicidade

Querem dar sentido a sua busca

Correm, correm e se cansam,

Nessa agitada correria da cidade.


Vivem em busca da sua felicidade

Mas não sabem esperar por nada
Comem pouco, dormem pouco
Trabalham muito, se estressam muito

E vivem quase na insanidade.

Pára! Deixa de buscar como louco!
Ser feliz é viver o hoje.

Felicidade, não é agitação ou correria
É simplesmente, viver bem o dia-a-dia.

(Luifel)

14 commenti:

Leonardo Werneck { 22 de novembro de 2008 18:11 }
Falou e disse meu amigo. Felicidade é todo dia, fazer dos pequenos instantes, grandes e inesquecíveis momentos.

Abração
marcilio victor moraes { 22 de novembro de 2008 22:53 }
curti a dedicatória, me inspirou =D
The Owl { 23 de novembro de 2008 00:47 }
É, acho que essa busca por algo maior acaba fazendo com que a gente se esqueça de aproveitar os pequenos momentos felizes, que acabam sendo a única felicidade que existe, se a gente pensar bem.

Abraço
Pollyanna { 23 de novembro de 2008 03:07 }
Eu descobri depois de muita queda, e quanto mais a gente quer uma coisa, mais ela demora pra acontecer... e ponto final.
Palavras de um mundo incerto { 23 de novembro de 2008 16:00 }
Meu irmão,
viver bem é o alicerce para o amanhã viver melhor ainda.

Grande Abraço!!!


Marcos Seiter
Cássio { 23 de novembro de 2008 16:07 }
Concordo com você cara. Parece que estamos num trem desgovernado rumo a lugar nenhum, e com a correria não lembramos que isso pode acabar a qualquer momento.
Letícia { 23 de novembro de 2008 17:26 }
Luifel, sim, vamos estreitar mais os nossos laços até pq moramos na mesma cidade e temos uma pessoa muito querida em comum, nossa amiga Carla, né? Fazia muito tempo tb que eu não desfrutava das tuas poesias e a de hoje tem tudo a ver comigo. Realmente viver o aqui e o agora é o caminho da felicidade, né?
Beijo carinhoso pra vc, tô subindo o teu link tb lá no Babel, viu?
Bjs!
Camila { 24 de novembro de 2008 08:35 }
"Felicidade, não é agitação ou correria
É simplesmente, viver bem o dia-a-dia"
Que que isso?! Quanta inspiração, heim?!
Você é um talento nato, moço! Adoro te ler!
Beijos
Kazuo { 24 de novembro de 2008 14:23 }
Ahhhh Amigão!!Texto como sempre espetacular!!!

Concordo com você, é totalmente insana a ânsia pela felicidade, buscamos que nem loucos, corremos de forma desenfreada, mas no fim temos sempre a sensação que não conseguimos sair do lugar.
Que mania a nossa achar que a felicidade será "encontrada" como se tivesse perdida em algum nesse mundão de loucos. Definitivamente não é uma caça ao tesouro!!!
Até meio clichê, mas a felicidade não está fora, é tudo questão de olhar para dentro, mas a correria do dia-a-dia nos cega.
Andy // Apocrypha { 24 de novembro de 2008 17:17 }
ai que lindo! ganhei uma dedicatória!!!
ah querido! na eterna busca pela Verdade, essa eu sei que é a única que não está lá fora... está aqui dentro de nós, no amor que eu tenho por vocês, meus amigos!
bjoooooos
Welker { 24 de novembro de 2008 20:23 }
Buscar satisfação no dia-a-dia talvez seja uma boa fórmula de achar aquilo que todos dizem ser felicidade...
carla m. { 24 de novembro de 2008 23:51 }
Lui, desculpa o sumiço, mas estou isolada pra poder escrever o que falta.

Na verdade estou no clima do teu poema, tudo aqui e agora é o que me completa, se não me completar, faço hoje tudo mudar.

beijocas!!!
Raposa { 25 de novembro de 2008 17:07 }
Muito profunda a sua visão, mas ainda acredito que para alguns, mais importante não é o que se busca, mas a busca em si.
Achar o que já temos o suficiente para mim é uma prisão. Sempre acho que dá para melhorar, buscar novas maneiras, novos caminhos, novas pessoas, novos sonhos, ou os mesmos de sempre, só pela esperança de que até os mais inusitados são possíveis.
Lucas { 25 de novembro de 2008 21:17 }
Nossa...
Achei q serviu pra mim!!
Me fez refletir... hehe

Mto legal o poema!
Abço ^^