Que seja doce!




"Então que seja doce.
Repito todas as manhãs, ao abrir as janelas,
para deixar entrar o sol ou o cinza dos dias,
bem assim, que seja doce".


(Caio Fernando Abreu, Os dragões não conhecem o Paraíso)


A vida é, como disse Teresa d'Ávila, "uma péssima noite, passada numa péssima pousada". E a gente vai acumulando um punhado de vivências, as quais tem a capacidade de nos construir e de nos destruir de tal forma que, fico pensando: o que, no final das contas, nos faz sermos quem somos: nossas escolhas ou os fatos que vivenciamos no dia-a-dia?

Às vezes, e muitas, imagino ter uma casa de veraneio. Hoje, andando na Praia de Sambaqui, em Florianopolis, encontrei uma praia que me agradou, um lugar onde eu, de fato, construiria essa casa. Sabe, é daqueles lugares onde tudo parece sereno, tranquilo e onde se tem a sensação de tranquilidade, de que tudo vai dar certo.

Na praia do Sambaqui, na ponta do Sambaqui, sentindo o vento no meu rosto pensei...

E os ventos entraram pela janela, ventaram a casa, varreram aquele cheiro de mofo de coisas velhas, de sonhos não cumpridos, de ilusões perdidas. Eu poderia ser feliz a mais tempo, só preciso sair desse casulo que me circunda!

Logo, me veio no pensamento: "Então, que seja doce", como diria Caio...Que seja doce!

8 commenti:

FOXX { 9 de janeiro de 2010 12:06 }
é... vc nunca morou na praia pra achar que viver numa praia seria "doce", e nem tow falando do sal que invade toda a casa...
amanda lima { 9 de janeiro de 2010 15:07 }
Hm... Um lugar pacato, extremamente sereno, cairia perfeitamente esses dias. Pois, que seja doce e que saibamos aproveitar cada segundo dessa doçura que é a vida.

Beigo
Filipe Garcia { 9 de janeiro de 2010 18:10 }
Oi Luifel,

vez ou outra eu tenho esses momentos-estalos em que me vem à mente e efemeridade da vida. Como diria um personagem meu: a vida é uma piada de mau gosto. Cada um tem pra si uma interpretação. E isso vai muito do momento, do estado de espírito.

Grande abraço!
Thiago Ya'agob { 10 de janeiro de 2010 18:43 }
Meu amigo... há tempos não retorno ao teu blog. Foi doce volver aqui.

Caio, Santa Teresa e Luiz: tudo no mesmo lugar. Docemente doce!

Receba meu abraço e beijo.

Paz.
Pollyanna { 12 de janeiro de 2010 19:07 }
Ah, e cooomo seria doce...
UltraViolet { 14 de janeiro de 2010 22:04 }
"O doce, não é tão doce, sem o amargo".

Frase inesquecível do filme Vanilla Sky que sempre trago para a minha vida.

Abraços apertados.
Ariana { 17 de janeiro de 2010 19:55 }
Que a vida seja sempre doce!

Belo post!

bjo
[ rod ] ® { 18 de janeiro de 2010 16:11 }
Casa de veraneio dá um trabalhão... sei disso perfeitamente!, mas é um pedaço nosso de encontro com a sabedoria natureza e eu aqui longe dela sinto uma falta grande. Divirta-se meu caro e bem vindo de volta! Abs.